[Pequenos Gestos, Grandes Atitudes] Gestos que transformam

pequenosgestos

Série: Pequenos Gestos, Grandes Mudanças

Gestos Que Transformam

Marcos 2.1-12

“Poucos dias depois, tendo Jesus entrado novamente em Cafarnaum, o povo ouviu falar que ele estava em casa. Então muita gente se reuniu ali, de forma que não havia lugar nem junto à porta; e ele lhes pregava a palavra. Vieram alguns homens, trazendo-lhe um paralítico, carregado por quatro deles. Não podendo levá-lo até Jesus, por causa da multidão, removeram parte da cobertura do lugar onde Jesus estava e, através de uma abertura no teto, baixaram a maca em que estava deitado o paralítico. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: “Filho, os seus pecados estão perdoados”. Estavam sentados ali alguns mestres da lei, raciocinando em seu íntimo: “Por que esse homem fala assim? Está blasfemando! Quem pode perdoar pecados, a não ser somente Deus? “Jesus percebeu logo em seu espírito que era isso que eles estavam pensando e lhes disse: “Por que vocês estão remoendo essas coisas em seus corações? Que é mais fácil dizer ao paralítico: ‘Os seus pecados estão perdoados’, ou: ‘Levante-se, pegue a sua maca e ande’? Mas, para que vocês saibam que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados — disse ao paralítico — eu lhe digo: Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa”. Ele se levantou, pegou a maca e saiu à vista de todos. Estes ficaram atônitos e glorificaram a Deus, dizendo: “Nunca vimos nada igual!”

A minha pergunta para você nessa noite é o que você está remoendo? O que você está remoendo dentro do seu coração? Por trás da aparência tranquila, por trás da naturalidade, por trás da face tranquila, muitas vezes tem um coração remoendo lá atrás. Muitas vezes tem gente remoendo no seu coração questões não resolvidas com Deus. Questões não resolvidas com Deus.

Por que Deus não curou? Por que Deus não respondeu a minha oração? Por que Deus não age mais prontamente? Por que Deus não me livrou daquilo? Ele sabia! Por que Deus não aparece mais? Por que, por que eu não vejo mais isso acontecer? Por que Deus não faz mais milagres? Ele podia ter feito, por que? O texto que nós lemos é um texto muito rico, seu eu fosse abordar tantos pontos interessantes, você ao ler e reler, vai observar e nós ficaremos a noite inteira e eu não vou conseguir abordar tantas lições que esse texto nos ensina. Mas é um texto muito forte que chama a gente a uma questão de fé, de fé! É um texto que trata muito sobre FÉ. Trata sobre fé, desde o começo, desde o começo essa história é uma história de fé, e a nossa relação com Deus é FÉ. Sem fé você não vai ter nada com Deus. É Fé quando aqueles amigos estão olhando para o colega na casa e estão sabendo que Jesus está aqui perto e já estão começando a acreditar “se ele pudesse estar lá, talvez algo aconteceria” FÉ!

FÉ é o que? É a expectativa, é a certeza, é a esperança. Fé na hora que eles decidem: “Se isso é verdade, por que que a gente não leva ele à Jesus?” É Fé quando eles estão andando e carregando uma maca. Porque é muito legal você pensar que Jesus pode e a outra coisa é desfilar com o problema por ai e quando as pessoas perguntarem: “a onde você vai?” você diz: “eu vou ali pra Jesus curar” É fé quando eles veem muitas barreiras na casa: multidão na porta, ninguém dando lugar. Fé é quando eles não desistem. É fé quando eles sobem no telhado com uma maca. Ai já é fé e força. É fé quando eles não aceitam os primeiros obstáculos que os impeçam de fazer o que eles queriam: colocar um amigo diante de Jesus.

O melhor amigo não é o que leva a gente pra cervejada, não é o que convida a gente pra ir pra prostituição junto com ele. O melhor amigo não é aquele que apenas quer fazer negócio com a gente. O melhor amigo que alguém pode ter é aquele que leva você pra Jesus. Aqueles amigos levaram o amigo pra Jesus e a vida dele mudou. Quando nós levamos um amigo para a nossa célula, a mensagem do evangelho e para Jesus; nós mudamos a vida de um amigo. Foi FÉ quando eles subiram no telhado. FÉ quando eles descem e ficam olhando lá de cima. FÉ porque Jesus mesmo disse que se impressionou com a fé deles. Então essa história todinha é uma história de FÉ. É uma história de FÉ quando Jesus diz: “levante-se”, sabe o que o cara fez? Levantou mesmo. Sabe porque? Não é FÉ no milagre, mas é FÉ na Palavra. Se Jesus falou, então vai acontecer. E ele faz força e vai mesmo. Agora tem gente que nem tenta seguir a Palavra de Jesus, mas aquele homem tentou. Bem, nós poderíamos falar sobre FÉ, é um texto muito sobre FÉ, mas mais do que tudo eu quero falar com você hoje sobre esse murmúrio dentro do nosso coração e como ele é perigoso, como é perigosa as decepções que a gente tem com Deus e como você não vai ter uma experiência real e poderosa com Deus se você não olhar do ponto de vista de Deus.

O Apóstolo Paulo quando escreveu a carta aos Efésios ele faz uma ação no início da sua carta, ele diz assim: “Deus, eu oro ao Senhor que quem for ler a minha carta, tenha os seus olhos espirituais abertos para enxergar como o Senhor enxerga”

Talvez nós não damos conta do quanto nós não enxergamos. Eu não sei quais medos você tem, mas sabe um medo que eu tenho muito grande, é o medo da cegueira, é o medo de eu não enxergar o que todo mundo está vendo, é o medo de eu não perceber que eu estou ridículo, é o medo de eu não perceber que eu estou com a calça rasgada, é o medo de eu não perceber que estou dando vexame e quando a gente não enxerga, quando a gente não percebe, você tem medo. Mas o maior medo que eu tenho não é esse não, é de que eu esteja olhando para algo que não é exatamente aquilo. Porque meu olho não enxerga corretamente. Note bem, acontece como amago dessa história um evento interessante. Descem  um doente, um doente, paralítico há anos em uma cama, ou seja, um caso gravíssimo, é um caso seríssimo, paralisia, descem a cama diante de Jesus, e sabem o que todo mundo reclamou? Todo mundo reclamou assim: “Que absurdo, o doente está ai, os caras fazem um esforço desse, ele sofrendo desse tanto, tadinho.” Tadinho por que? “Porque ele é paralítico”

A minha pergunto para você é: “ele é tadinho porque ele é paralítico? Coitadinho são os doentes? Tadinho é alguém que hoje está lutando em uma quimioterapia contra o câncer? Ele é o coitadinho da sociedade? Tadinho é um cadeirante? Tadinho é um aidético que tem que tomar coquetel o tempo todo e luta o tempo inteiro contra o seu sistema imunológico fraco? Tadinho, tadinho, é esse que está numa cama? É o que teve AVC e mal consegue falar? Tadinho é o que teve uma distrofia muscular e está perdendo toda a capacidade de se comunicar e vai perdendo a força e o sentido? Esse é o tadinho?

Com os olhos normais é, e foi essa a interpretação que levou os amigos e todos ali a dizerem: “Pô Jesus, que absurdo, cura logo esse homem. Porque você não cura ele” E Jesus faz uma pergunta que é crucial e eu entendo e percebo que se nós não entendermos essa pergunta, nós provavelmente não nos entendemos o Evangelho. Jesus perguntou: “O que é mais fácil? O que é mais fácil? O que é mais fácil?” E por tanto a gente tem que olhar o oposto: O que é que é muito difícil? O que pra Deus é muito difícil? O que é fácil? O que é difícil?.

Gente, muitas vezes nós olhamos e falamos: “Mas Deus podia ter curado essa pessoa. Porque Deus não fez nada por ela? ” E ai começa surgir um problema que tem vitimizado um mundo de cristãos que eu não sei se são verdadeiros ou falsos cristãos, mas numero grande de cristãos decepcionados com Deus. Gente que tem sofrido e perdido a fé por causa de circunstancias, coisas da vida, acontecimentos da vida, levam uma pessoa a perder o seu relacionamento com Deus, sabe por que? Porque ficam aqui dentro (coração) arrazoando e dizendo: “Por que Deus não fez isso?” “Eu estou brigado com Deus” “Esse meu Deus ele não existe” “eu não acredito em Deus” “Deus não é digno da minha admiração”.

E nós fazemos isso sabe por que? Porque nós estamos olhando com um olho que nós achamos que está certo, mas não está. Não tá certo. Aos olhos de todas as pessoas, menos Jesus, desceram o paralítico e Ele tinha que curar o paralítico.

E ele não faz isso. O que Jesus faz? O que Jesus faz por aquele paralítico? Sabe o que Ele faz? Ele perdoa aquele homem. Ele perdoa.

Se eu vou fazer uma visita a um enfermo, que não pode andar. Todo mundo está me olhando ali fazer essa oração, está todo mundo esperando: “Pr. Tiago vai orar por aquele enfermo”, todo mundo esperando aquela visita, “poxa, tem 1 semana que nós estamos esperando o Pr. Tiago, e ele está doente e ele não pode andar mais, e ele está com um problemão” nós vamos orar por ele, e eu oro e falo assim: “Deus que o Senhor perdoe os pecados dessa pessoa”. Agoa imagina que é Jesus, ele diz assim: “seus pecados estão perdoados”. Bem, se eu peço a Deus para perdoar o pecado de uma pessoa. Alguém sabe se perdoou ou não perdoou? Tem algum sinal, algum resultado? Nada.

Mas se eu falo:  “Em nome de Jesus, levanta e anda” tem algum resultado que eu espero? Tem, de imediato: levantar e andar. Então a maioria de nós, com essa cabecinha de ser humano, que a gente tem, a gente diz assim: “Falar que está perdoado é fácil. Que poder teve nisso? Que risco teve nisso? Que preço teve isso? Agora, dizer: levanta e anda, eu quero ver. Eu quero ver.” E quando Jesus vira e diz para aquele paralítico que acaba de descer: “Filho (chama ele de filho) perdoados estão os seus pecados”. O pessoal fica bravo demais. “Isso eu faria, isso eu faria por ele” Minha pergunta é: “Faria?

Alguém faria isso? Qual é o maior problema do homem? Qual é o grande problema de todos nós? Por isso eu pergunto de novo “coitado é o que está em uma cama? Coitado e pobrezinho é o que tem câncer?” Será que eles não estão melhor do que os sadios?

Segundo a bíblia, o maior problema do homem, o problema que lança o homem, não em uma cama, por um tempo, nem em uma cadeira de rodas ou em um tratamento medicamentoso, forte, o grande problema que lança o homem no inferno para sempre é o pecado. O pecado é o grande problema.

E o Apóstolo Paulo em Romanos 8 faz uma pergunta: “Vem cá, vamos conversar, você está reclamando de Deus, você está dizendo que Deus não curou? Você está dizendo que Deus não te deu aquele emprego? Você está dizendo que Deus deixou você ficar desempregado? Você está dizendo que Deus não está cuidando das coisas que você queria imediatas? Paulo fala assim: vem cá, vamos conversar sobre uma coisa: aquele que nao poupou o seu próprio filho, antes, por você, Ele entregou a vida do filho. Você acha que Ele não te daria de graça qualquer coisa?

Em tese, o que Paulo está dizendo é: “Por que é que vocês estão reclamando? O que que o homem está reclamando diante de Deus? Eu olhei para você com os olhos de Deus, eu conheço tua intimidade, tua necessidade, eu vi seu maior drama, seu maior problema e eu busquei uma solução, eu tentei de várias maneiras, mas não funcionou, então eu tirei do meu tesouro o que eu tinha de mais precioso, eu peguei a vida do meu filho, eu peguei a vida do meu filho. Deixa eu dizer uma coisa rapaz: Pra eu levantar um paralítico eu não preciso mais do que um poderzinho de nada, nem consome meu poder. Meu poder é infinito. Para abrir os olhos de um cego eu não preciso mais do que um cuspe. Pra ressuscitar um morto eu não preciso mais do que encostar a ponta do meu dedo. Não me custa nada. Não me gasta nada curar qualquer coisa que você pedir. Para fazer dente de ouro aparecer na sua boca, basta eu piscar. Não me custa nada atender as suas necessidades. Mas pra resolver o seu problema verdadeiro, que não é cama, que não é doença, que não é falta de dinheiro, mas é a sua separação de Deus, sua condenação, o pecado que te contaminou e que te endereçou  pro inferno, eu tive que pagar um alto preço. Eu tive que pagar um preço que você não teve ideia. Você  está reclamando de mim? Você está infeliz porque eu não atendi um pedido secundário se eu já dei Jesus? Você está reclamando e falando mal de mim para as pessoas que eu não sou fiel, que eu não cuidei de você, que eu não me importo com você e você está dizendo por ai que acha que nem crente é mais porque eu não tirei você de uma cadeira de rodas? Eu tirei você do inferno! Eu dei a vida do meu filho para te dar a vida eterna. Você não sabe o preço que eu paguei.

As vezes a gente não entende isso.

Um dia chega diante de Jesus, puxando uma mulher pelo cabelo, ela foi pega em adultério, a pena pro adultério é a morte, adultério está nos 10 mandamentos, está lá claríssimo: Não adulterarás.

Nas leis complementares do povo de Israel, o adultério era tratado como pena de morte, quem fez os 10 mandamentos? Quem estabeleceu os 10 mandamentos? Jesus! Jesus! Qual foi o dedo de fogo que escreveu os 10 mandamentos na pedra pra Moisés? Foi Jesus! E ele vem a esse mundo e trazem uma adultera para Ele. E dizem assim: “Senhor, na pedra que você escreveu, não adulterarás, está dizendo que isso é pena de morte.” E Jesus falou  assim: “O que? Vocês estão certíssimos, vamos matá-la, mas vamos fazer da seguinte maneira: tire a primeira pedra quem nunca quebrou um unico mandamento.” Foi de tal autoridade que o constrangimento foi tão forte, que a bíblia diz que do mais velho para os mais novos, todo mundo começou a soltar a pedra. E foram indo embora, envergonhados, todo mundo foi embora. Quando todo mundo vai embora, Jesus fala para aquela mulher: “E ai mulher, onde estão os seus acusadores?” Ela olha, olha e fala: “Não tem mais nenhum” E Jesus diz pra ela assim: “Nem eu te condeno”. O único que podia, não atirou pedra, por que? Isaias 53 diz que Ele tomou sobre si todos os nossos pecados. Sabe porque ele falou para aquela mulher que não condenava? Ele tomou posse do adultério dela. Porque Jesus foi condenado a morte? Você acha que foi uma tramoia política que matou Jesus? Ele se entregou à morte por nós. Por que? Ele tinha que morrer. Por que ele tinha que morrer? Porque ele pegou o pecado pra ele. Sabe porque aquela mulher foi embora? Porque ela estava livre, ela não tinha nenhuma culpa mais.

Deixa eu dizer uma coisa pra você: Curar você, resolver os seus problemas não custa nada pra Deus, mas dar o que Ele te deu, custou a vida de Jesus. Custou um preço que você não tem ideia.

E ai Ele fala: “Como é que vocês ainda estão reclamando no seu coração? Vocês não estão vendo que eu perdoei  o pecado desse homem? Vocês não estão vendo que mesmo que ele continue na cama mais 10 anos, 15 anos, ele vai morrer e vai pro céu. Você não ve que lá no céu ele vai correr, que lá na nova terra ele vai desfrutar da minha presença. Ele ia pro inferno, mas eu morri pra tirar ele de lá e você está falando e reclamando de mim porque ele vai ficar doentinho numa cama um pouco?” Mas Ele precisava dar um sinal, Ele precisava mostrar para aquelas pessoas que Ele não estava só jogando papo furado, de que aquele perdão de fato existiu.

A bíblia diz que o salário do pecado é a morte, quem não tem pecado, tem leveza, tem saúde, é a maior saúde da vida. A melhor coisa que podemos ter diante de Deus é não ter culpa, é não se esconder. Tem muita gente ficando doente, por conta de pecado. Tem muita gente contraindo doença por conta de pecado não confessado. Tem muita gente contraindo doença por conta de culpa, porque não trata o seu relacionamento com Deus. Vai paralisando, vai envelhencendo, vai adoecendo porque não vai diante do Senhor pedir perdão pelo seu pecado. Carrega os adultérios, carrega os abortos, carrega os males da alma. Está comprovado, a maioria das doenças, se tornam doenças emocionais também.

Mas se aquele homem agora está perdoado, alguma coisa está acontecendo diante dele. E Jesus só precisa dizer pra ele: “levante e deixe eles verem o que eu fiz por você: um novo homem

Quando Deus perdoa alguém, ele é novo. O que a pessoa não podia fazer, agora ela faz. Você não podia amar? Então tenta agora que você deu a sua vida a Jesus. Você não conseguia resolver aquele problema? Vai lá agora, porque agora alguma coisa mudou dentro de você. Alguém coisa muda dentro da gente que transforma tudo. Até a nossa dinâmica existencial. Se você não mudou a sua dinâmica, se  você diz que foi salvo e continua amargo, se você diz que foi salvo mas continua amarrado no seu passado, se você diz que foi salvo, mas continua triste, infeliz,  pesado, imóvel diante da vida, você precisa se re-encontrar com Jesus. Porque a salvação liberta, a salvação restaura, a salvação move a gente para uma nova dinâmica de vida. Uma nova dinamica, uma nova alegria, uma nova cidade.

Não tem como você dizer que é salvo e as coisas do passado te escravizarem. Eu não sou mais escravo dos hábitos, eu não sou mais escravo das mazelas. Eu não sou mais escravo das dependências e co-dependencias. Eu sou livre e o poder de Deus vem sobre as pernas daquele homem, ele anda e sai.

Presta atenção sobre o que eu estou dizendo a você. O Diabo quer te afastar de Deus, o Diabo quer te impedir a vitória, a sua bencao, a sua cura, e o que ele joga contra você, mais joga na sua cabeça: mentira e argumentação enganosa. Sao mentiras, a bíblia chama dos ardis do diabo, e o diabo diz assim: “Sua mae ficou doente de cancer, você orou por ela, mas no final ela morreu, Deus não existe”Ele existe sim, mas ele gosta de outra pessoa, mas de você ele não gosta”.  “Sabe aquele pecado que você cometeu quando tinha 15 anos? Sua mae agora está doente, é culpa sua!” “Teu pecado veio atrás de você” “essa trombada que deu seu carro, e agora? Você está lascado? Sabe o que é que foi? É por causa daquele pecado que você fez lá e a sua culpa te alcançou”

Tudo isso não gera apenas culpa em nós não, mas gera uma dúvida, um razoamento doentio em nosso coração onde a gente diz: “eu não vou me entregar à Deus não”. Deus?  Um passo atrás “eu estava indo bem, eu estava me entregando pra ele, eu estava começando a crer, eu estava começando a confiar, mas agora, Ele não me respondeu. Isso foi só comigo, então sabe o que eu faço?” Um pé atrás, eu não confio, eu dou um passo pra trás e a bíblia fala: “Confia no Senhor de TODO o seu coração” e você faz assim (dá um passo pra trás) e vira um meio crente, um meio crente que não confia.

Sabe querido, quem não entrega tudo pra Deus, não recebe de tudo de Deus, e o Diabo só quer lançar dúvida em você, questionar sua relação com Ele e a sua entrega.

Eu queria muito que você fosse tomado por uma imensa alegria. Sabe por que? Porque se você se converteu a Cristo, o maior problema da sua vida foi resolvido. O maior problema foi resolvido. Você vai para o céu. Você tem salvação, ninguém tira isso de você.

Pronto socorro: (homem sendo atendido) (2 tiros e faca – quebrou o pulso)

Quando trouxeram o paralítico pra Jesus, é verdade que ele tinha o pulso quebrado, mas o sangue estava jorrando, mas o médico dos médicos foi lá e curou o que matava, o que destruiria, o que causaria um dano irreparável. PECADO. Para curar isso, Ele morreu no seu lugar. Depois disso você acha que Ele não vai curar o seu pulso quebrado? Claro que vai. Claro que vai. Mas você não tem podido experimentar os milagres porque nessa questão básica você ainda duvida. Você duvida. Você duvida. Você não sabe. Você pode mesmo confiar em Deus. Querido enquanto você não resolver esse razoamento do seu coração, você vai ter muita dificuldade de viver a plenitude de relacionamento com Deus. Porque é impossível relacionar com Deus se não for em confiança. Fé é confiança. Fé é certeza. Fé é confiança.

Eu estou raciocinando aqui. Sabe querido, a melhor coisa que você pode fazer é raciocinar. Existe um livro espetacular que se chama “Crer é também pensar”, mas se você vai pensar, pense inteligente. Pensa profundo. Não pensa superficialmente nao, porque vão te enganar. O Senhor chama: “vem conversar comigo, vem conversar comigo ” Paulo no capítulo 8 de Romanos faz essa conversa, ele diz assim: O que vai te separar do amor de Deus? Se Deus te ama, o que vai te separar do amor dele? Ele pergunta: será a tribulação? O que é tribulação? Angústia? Será a preocupação angústia? Dor? Serão coisas do passado? Ou seja, os erros, eventos tristes? Ou futuro, seu medo do futuro, despreparo do futuro? Será o que que vai te separar do amor de Deus? Paulo está perguntando: Me diga como algo possa te separar de alguém que te ama tanto, se o amor de Deus é incondicional, absoluto, infinito, não muda, não acaba, o que vai te separar do amor de Deus? e a resposta é NADA. Nada pode nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus. 

Deus prova o seu amor por nós, não porque ele disse de lá “eu te amo”, não, ele disse:  “eu provo, eu provo que te amo, olha pra cruz” Deus prova o seu amor pelo fato de Cristo ter morrido na cruz, é fato, é prova. Sendo nós ainda pecadores. Quem daria a vida por um pecador? Eu não daria a minha vida por você, mas Jesus deu.

Quando perdemos o emprego, quando nosso carro bate, quando uma bala atinge um ente querido nosso, quando seu filho não resistiu a cirurgia, meu irmão deixa eu te dizer: É muito triste, mas isso não significa que Deus não existe. Não significa que Ele não se importa com você, significa que a vida é dura, que nós vivemos em um mundo afastado de Deus, que no mundo nós teremos aflições, claro que tem lutas. Eu não entendo um monte de coisa, eu não controlo essas coisas, mas uma coisa que eu entendo eu não posso largar. Deus é fiel, Ele me ama e tem um plano para a minha vida. Essa é a rocha que eu estou em cima e não me abalo. Eu não vou sair dela, eu não vou sair dela. E cuidado! O inimigo está tentando te empurrar para fora.

Raciocínio do seu coração: Porque isso aconteceu comigo? Porque Ele não fez isso? Porque Ele não fez aquilo? Sabe por que? Porque o maior problema ele já resolveu para você. E os demais problemas, ele está usando de uma maneira que a gente não entende, mas para fazer de você um vaso perfeito que ele está imaginando.

Por isso ele disse: tende por motivo de alegria quando passar pelas provações. A provação da vossa fé PRODUZ. Deus sabe com o que a gente está lidando.

E sabe o que eu faço quando não entendo algo? E eu estou sofrendo? Eu me calo e digo: “Deus, eu estou confiando em Ti” Eu não estou entendendo, mas eu confio em você” Você acha que eu não estou assim de motivos para não confiar em Deus? Você não que tantas vezes a minha fé não foi abalada? Quantas vezes eu falei: Deus como eu vou continuar crendo e pregando sob o Senhor depois disso? Sabe o que Ele falou pra mim: Olha pra cruz! Olha pra Cruz! Olha pra Cruz e você vai entender todas as respostas estão na cruz. Todo questionamento olha pra cruz e saiba que Ele resolveu todos os meus maiores problemas.

Se você entende isso, o seu próximo passo é fazer como esse moço fez… Ele sentiu que tinha alguma coisa dentro dele. Quando Jesus  deu uma ordem pra ele, ele levantou. Jesus ele quer mudar a história da sua vida. De carregado para carregador, de ajudado, para um ajudador. De um problema você irá se transformar em uma inspiração. Sabe o que vc faz? Obedeça a palavra de Jesus. Siga Jesus, ande com Jesus. Porque as instruções dele serão vida pra você. Obedeça os mandamentos do Senhor. Obedeça o que Jesus falar. Sabe, muitas vezes eu não entendo, mas eu falo pra jesus: você é muito maior e eu decidi te obedecer e eu sigo obedecendo. E sabe o que eu colho? Deus vai confirmando de glória em glória o plano dele para a minha vida. Hoje eu posso dizer: EU SOU DE JESUS. E você? Ja é dele ou ainda está desconfiado, sem coragem de pular?

Esse é o meu desafio pra você. Meu desafio pra você é pedir pra Jesus abrir os seus olhos.

Fale com Jesus, Fale com Jesus. A Estratégia do Diabo tem sido manter você em silencio. Não faça isso. Deus não tem medo das suas dúvidas. Ele tem todas as respostas.

Eu desejo que você experimente essa virada de Deus, um homem novo, uma mulher nova, uma nova vida.

(mãe egípcia) – coitadinho deles. Aqueles moços morreram, mas a última palavra que a sua boca proferiu foi o nome de Jesus. Eles são vencedores.

EU CONFIO NO SENHOR

Deixe ele resolver o seu maior problema primeiro. E as demais ele vai consertar depois ou Ele vai te dar força para enfrentar.

EU CONFIO EM TI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *