Prender-se ao passado

site060716

Você já deve ter ouvido: “viver no passado é esquecer do presente”. É fácil amarrar-se a lembranças dos “bons velhos tempos” em vez de usar as nossas experiências para encontrar orientação para a estrada à frente. Todos nós somos suscetíveis aos efeitos paralisantes da nostalgia — uma saudade daquilo que era antes.

Jeremias era sacerdote em uma pequena cidade próxima a Jerusalém quando Deus o chamou para ser “…profeta às nações…” (Jeremias 1:5). A ele foi dada a tarefa muito difícil de pronunciar o julgamento de Deus, primariamente sobre o povo de Judá, que se afastara do Senhor. Jeremias deixou claro que ele estava entregando a mensagem de Deus, não a sua própria (7:1,2).

O Senhor disse: “…Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos” (6:16).

Deus exortou Seu povo a olhar para trás para poder avançar. O propósito de examinar os caminhos antigos era encontrar “o bom caminho” marcado pela fidelidade de Deus, Seu perdão e Seu chamado a avançar.

Por nosso passado, Deus pode nos ensinar que o melhor caminho é aquele em que andamos com Ele.

Para Refletir: A orientação de Deus no passado nos dá coragem para o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *