Continue esperando, ainda que…

“… não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.”
Mt 6.34

Jesus disse: “No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (Jo 16.33). São muitas as aflições que enfrentamos na vida. Quem está solteiro quer se casar; o casado vive seus dilemas; as mães lidam com variadas situações próprias da idade dos filhos; os pais de adolescentes quase arrancam os cabelos ao ver os perigos que os filhos enfrentam; o desempregado batalha diariamente para conseguir um trabalho; o empresário enfrenta as mais duras pressões do mercado; o jovem formando difere do cinquentão; as viúvas, quase sempre solitárias; o idoso, os órfãos e os demais passando pelos diferentes dramas da vida.

Tudo porque a Escritura afirma que neste mundo passaríamos por aflições e que cada dia traz o seu próprio mal. Em qualquer dificuldade, o que faz a diferença é a atitude íntima, os valores que sustentam o coração. Um coração sarado, curado e abençoado continua batendo firme no compasso da graça. Por que deixar que as ânsias do futuro perturbem hoje a paz do coração? Mesmo que os tempos continuem tenebrosos, em Cristo vamos experimentar retumbantes vitórias. Avante em Cristo! Siga sempre em frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *